12 de outubro de 2016

A Terapia Psicanalítica pode ajudar o indivíduo a conquistar uma vida mais plena e feliz?

Você já deve ter percebido como muitas pessoas sofrem quando se deparam com fortes frustrações. Parece óbvio pensar que ninguém concorda com a ideia de que “perder” seja algo bom. As perguntas que muitas pessoas se fazem são: "Por que alguns conseguem lidar melhor com as perdas do que outros?"; "Por que alguns parecem estar fortalecidos para suportarem essa realidade tão dolorosa?"; "Por que eu não consigo?".

O processo da perda acompanha o ser humano em todos os instantes da vida. Seja ao nível fisiológico, social, afetivo ou existencial, essa é uma realidade que o indivíduo precisa aprender a reelaborar a todo o momento, como se fosse uma ordem ou uma imposição da própria natureza. Basta estar vivo para sentir a necessidade de um reposicionamento diante dos problemas, que, na maioria das vezes, não se escolhe sofrer:

O corpo que envelhece e não responde mais aos desejos da mente, que, por sua vez, parece estar cada vez mais ávida de vida, de paixões e de experiências prazerosas...
O corpo que adoece de uma hora para a outra, atrapalhando uma série de projetos e objetivos que ainda precisam ser alcançados...
Os acidentes que assaltam o indivíduo sem explicação aparente, causados, muitas vezes, pela negligência e irresponsabilidade dos outros, ou causados, simplesmente, por situações gratuitas ao sabor do acaso...
Os cabelos que caem... a vista que embaça... o coração que descompassa... o pulmão que anuncia a falta, de ar.

Tudo parece romper a saúde mental!
A cada nova fase que se vive, a exigência de continuar, de se fortalecer e de não desistir se coloca como uma meta difícil de ser alcançada e mantida.

É importante perceber que, mesmo quando se está só e desamparado em seus dramas pessoais, ainda assim existem outras pessoas que passam ou passaram por situações semelhantes, e que conseguem ou conseguiram alcançar a superação de suas dificuldades.

É quando as frustrações se tornam insuportáveis que a pessoa pode descobrir a verdadeira força que tem.

A Terapia Psicanalítica se coloca como uma forte ferramenta à disposição do indivíduo, no sentido de auxiliá-lo a remover os obstáculos inconscientes que fazem parte da sua história pessoal, e que persistem em mantê-lo enfraquecido diante das perdas e frustrações que experimenta na dinâmica da vida; ela contribui para que o indivíduo se fortaleça e se oriente no caminho de uma existência mais presente, plena e feliz.

Tiago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário